sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Compras para bebês e crianças em BsAs.










Gente, mais de 3 amigas já me pediram para fazer este post. Enrolei bastante mas agora vai.

Vamos lá:

Algumas considerações sobre Buenos Aires.

É a cidade mais Européia da América latina. As pessoas são bonitas e chiques, porém não muito simpáticas e sorridentes. Principalmente com brasileiros. A rixa existe sim, mente quem diz que não. Mas com alguns minutos de conversa os Argentinos se encantam com o nosso jeito festivo. Eles acham muito interessante nossa facilidade de revelar detalhes da nossa intimidade para pessoas que mal conhecemos.

Para o turista podemos dividir a cidade em 7 bairros: a Recoleta, Puerto Madeiro, Palermo – Palermo Viejo (Soho, Holywood e Chico), Las Cañitas, o Centro, San Telmo e a Boca. É claro que existem outros bairros na cidade, mas pra quem vai ficar poucos dias estes são os que concentram mais atrações.

Ah, faça como a Angélica: vá de táxi. É bem barato. Procure os identificados com telefone e empresa de rádio-taxi. É mais seguro.

Minha primeira dica é na hora de escolher um lugar para se hospedar, você tem algumas opções: Palermo, Palermo e Palermo. Mais especificamente Palermo Soho. Você vai ficar bem pertinho de tudo: lojinhas, restaurantes, barzinhos, livrarias. Você faz tudo a pé. “Ah, mais a Ricoleta é mais chique”. É  mesmo, mas eu gosto mais de Palermo. Das lojinhas com peças exclusivas, o clima mais descontraído e criativo. “Ah, mais o centro tem as lojas de couro e as e o Galerias Pacífico”. Tem sim. Mas acho coisa de turista. Uma vez basta. Se você já estiver convencida como eu de ficar em Palermo faça o seguinte: acesse o Booking.com digite a data da sua estadia e procure por Hotéis em Palermo Soho. O preço por lá é sempre bom.

Com o hotel decidido faça as malas. Deixe um espacinho bom para as comprinhas. Lá é O-TE-MO para estourar o cartão.


Compras e mais Compras


Definitivamente o melhor lugar para passear a pé e comprar roupinhas é em Palermo Soho. Mais especificamente no centro do quadrilátero formado pelas ruas Scalabrini Ortiz, Cabrera, Godoy Cruz e Paraguai. Tem uma seqüência interminável de lojas de estilistas em ascensão. A moda Argentina é muito louca. Pode ser que no começo você fique um pouco resistente. Mas aos poucos percebe que eles são bastante criativos. Assim que desembarcar na Plaza Cortazar ou Serrano (os nomes variam), entre na primeira lojinha que você encontrar pela frente e pegue os mapas gratuitos com a listagem de todas as lojas, restaurantes e hotéis da região. São 3 mapas diferentes: o de lojas de design e decoração, o de roupas e o de restaurantes e hotéis.

Dá para ficar falando páginas e páginas de dicas, mas vamos nos concentrar nas compras para bebês e crianças em Palermo.

Lojinha:
Grisino – Malabia, 1784. Bem moderna. Tem ótimas opções para meninos. Os sapatos são simplesmente lindos. Sempre compro pro meu filho.

Mitaí. Malabia, 1771. O forte são roupas para meninas.

Owoko. El Salvador, 4694. Coloridíssima com preços excelentes.

Tienda Palácio. Honduras, 5272. Lojas de objetos de decoração. Não é direcionada ao publico infantil mas tem vários itens que podem deixar o quarto do seu pimpolho especial. Os papeis de parede são super legais e baratinhos (comparando com o preço daqui). Ótimo para quem quer um quarto com menos cara de bebê.

Sopa de Principe – Thames, 1749. Bichos de pano simpáticos que deixam qualquer quarto um graça. Ah, agora tem também almofadas com letras.

Coucou. Gurruchaga 1783. Acessórios, roupinhas e artigos de decoração.

Maternelle. Thames 1750. Loja/SPA para mamães. Acessório e roupinhas. Destaque para a marca Bloom.


Se você se aventurar num Shoping, sugiro o Passeo Alcoarta. É pequeno,porém completo. Pegue um taxi que é bem pertinho de Palermo Soho. Tem uma loa do Carrefour uma loja do Carrefour. É legal ir para ver que mesmo tão perto eles tem um mercado bem mais evoluído que o nosso.

Pic Nic. Arévalo 1588. Fica em Palermo Hollywood, mas vale a pena pegar um taxi ou encarar uma bela caminhada. Peças lindas de decoração

Vá também nas lojas:






Bom gente acho que é isso. Quem tiver mais dicas, me mande que eu vou atualizando este post.

Ah, antes de ir dá uma passadinha nesse blog incrível: Buenos Aires para Niños. Bj

3 comentários:

Carol P disse...

Adoro as roupas e lojas de criancas em Bueenos Aires, ath escrevi um post lah no blog sobre este assunto a um tempoa atras.
http://motherlovedatabase.blogspot.com/2010/04/guia-de-lojas-para-criancas-e-bebes-na.html
Concordo com vc Palermo eh tudo de bom, eo Shopping Alto Palermo eh otimo tambem.
bj
http://motherlovedatabase.blogspot.com

Baby Boo disse...

Laura amei sua matéria. Realmente, nós temos que babar pois tem cada loja linda e com estilo totalmente europeu.
Apesar de vendermos roupas infantis, não podemos deixar de tietar o bom gosto argentino para as crianças.
Em especial a Mimo & Co. que eu amo !!!
Abraços,


Equipe Baby Boo.
www.babyboo.com.br

Grazi disse...

Laura compramos algumas pecas na cheeky, mimo & co, baby cottons e owoko realmente vale a pena, não pelo preço mas pela qualidade.
Encontramos as duas primeiras tb em Montevidéu, a única dificuldade com as lojas êh que sao muito azul e rosa, se ainda não souber o sexo fica meio difícil
Grazi