terça-feira, 13 de outubro de 2009

Algumas Respostas do Dr Luiz Guilherme Florence


Gente conforme prometido aqui vão as respostas a algumas perguntas feitas para o meu irmão, pediatra, Dr. Luiz Guilherme Florence. Se você quiser perguntar, faça na parte dos comentários.

Minha filha, hoje com 5 meses, sempre dormiu bem... acordava para mamar, voltava a dormir, e desta forma dormia 11h a 12h. Agora, quando muito dorme 8h ao todo. Esta mais acordada... o que fazer para ela dormir mais? Em primeiro lugar gostaria de te dizer que dormir essas 8 horas já está de bom tamanho, não é o ideal mas é muito normal acontecer isso nessa fase. Com essa idade a criança costuma acordar mais mesmo e querer interagir com as outras pessoas durante o dia, aproveite isso, talvez ela tenha mais sono a noite. Aproveite também para criar alguns hábitos que ajudam no que chama mos "higiene do sono": horário para dormir, dormir no próprio berço, respeitar o ritmo da noite e da casa (conciliar com os horários dos pais) e, mais importante, ajudá-la a criar mecanismos próprios para se conter sozinha durante a noite, o que não é muito costumeiro acontecer antes dessa idade, pois o vínculo da criança com os pais é maior. Você pode utilizar alguns meios para que sua filha conquiste sua independência do sono, tais como chupeta, uma fraldinha, algum consolo seu (pela voz ou algum carinho, mesmo sem retirá-la do berço.). Outra coisa que pode estar acontecendo, principalmente se você perceber que ela dorme umas seis horas seguidas entre o fim da tarde e a madrugada, é que ela fique com fome na noite, nesse caso aconselho acordá-la em torno das 22h para oferecer uma mamadeira ou o peito, isso pode ajudá-la a dormir mais a noite. É isso. Talvez existam outras coisas que estejam acontecendo com ela que ainda não abordei, fique a vontade em continuar nossa conversa. Um abraço!

Há alguma forma de tirar o vício de sugar o dedo? Meu filho tem quase três anos e ouço opiniões acerca do tema por dentistas que me dizem que é preciso esperar os cinco anos para que a criança entenda e ajude na eliminação do hábito. É isso mesmo? Gostaria de interceder antes...Obrigada.
Tente oferecer um "objeto transicional", tipo uma fralda um urso de pelúcia ou algo do genêro. Não fique muito "em cima" dele com esse assunto e tente perceber em que momento ele chupa o dedo, ou seja qual a função que esse gesto tem na vida dele. É para confortá-lo a noite? É um comportamento opositor ao seu desejo? Tipo uma birra? Ele tem algum irmão ou irmã mais nova que o fez fazer isso? Acho que você tem razão quanto a já começar a pensar mais sobre esse assunto, um abraço, Dr. Luiz Guilherme.


Minha filha apresenta muitos episodios de alergia, nossa frequencia em dermatologista, alergistas e emergencias é alta. Realmente alugmas vezes somente corticoides conseguem amenizar os sintomas. Gostaria de ter mais explicações sobre o efeito negativo desses medicamentos.
Nunca é bom usar corticóides por períodos prolongados, tanto na pele quanto por boca, geralmente acima de 10 a 14 dias já entramos nessa situação. Seu uso prolongado pode causar atrofias na pele, alterações hormonais, diabetes, pressão alta, aumento de pêlos, entre outras, porém ele pode ser uma das únicas opções para o tratamento da doença em uma fase aguda, ou seja ele pode ser um mau necessário. Entretanto, existem algumas opções para tratamento profilático, ou seja, um tratame nto que previna o aparecimento de mais lesões na pele ou episódios de chiado no peito, que nao são feitos a base de corticóides, ou se são, como no caso de doenças pulmonares, o corticóide é absorvido em sua maior parte no órgão afetado, não causando prejuízos mesmo com o uso prolongado. Talvez valha a pena pensar nessas opções com o pediatra da sua filha, um abraço!�

Olá, minha dúvida é sobre suplementação vitamínica e de ferro, tenho uma menina de 8 meses e o pediatra diz que não se faz de rotina, mas tenho muitos filhos de conhecidos que usam, há indicação como profilaxia? E exames de rotina no primeiro ano, algum o senhor aconselha que seja feito? Obrigada pela oportunidade.
Realmente, são muito raros os caso s em que é necessária a suplementação vitamínica e de ferro nessa fase. A Academia Americana de Pediatria preconiza um screening de hemograma e checagem de estoques de ferro com nove meses de idade, mas a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) não. O que é normalmente seguido aqui no Brasil é o seguinte: se sua filha come razoavelmente bem e faz uso de leite artificial (Nan, aptamil...) não há necessidade de suplementação de ferro, pois esses leites são enriquecidos já são enriquecidos com essa substância. Agora, se ela só mama no peito, a SBP recomenda o uso de ferro profilático sim, até os dois anos de idade. O uso de Adtil (vitamina A e D) é recomendado para crianças, até os dois anos de idade, que vivam em lugares em que não há uma exposição ao sol constante. Bom, fora isso não se faz outro tipo de suplementação de rotina. Um abraço!

4 comentários:

Paty disse...

Nossa, adorei! Excelente!!! muito obrigada!
bjs

fernanda disse...

Gostaria de saber sobre hipospádia. Qual a melhor idade para ser feita a cirurgia? A cirurgia em dois tempos é necessária ou atualmente é possível obter-se o mesmo resultado em um tempo?

Christiane Leite Gomes Frezza disse...

Gostaria de saber quando e como é o correto para começar a tirar a fralda da minha pequena. Ela tem 1 ano e 4 meses

Adriana disse...

Estou com uma dúvida em relação as golfadas do meu filho. Ele agora está com 4 meses e golfava muito pouco até então e pouca quantidade em cada golfada. Mas agora, de mais ou menos 1 semana pra cá, ele tem golfado com frequência (quase todas as vezes em que mama, ele só mama no peito) e uma quantidade razoável. Isso é normal ou devo me preocupar ? Obrigada.